Coronavírus

Morre compositor Aldir Blanc, aos 73 anos, por coronavírus

Blanc foi internado com pneumonia, infecção urinária e pressão alta. Após um semana, foi diagnosticado com covid-19

diario da manha

O compositor Aldir Blanc, de 73 anos, conhecido por músicas como “O Bêbado e a Equilibrista”, morreu na madrugada desta segunda-feira (4) no Hospital Universitário Pedro Ernesto, no Rio de Janeiro, por complicações do coronavírus. A notícia foi confirmada pela assessoria do compositor à Agência Brasil.

Blanc foi internado em 10 de abril com pneumonia, infecção urinária e pressão alta. Após um semana, a infecção pelo covid-19 foi confirmada.

Blanc fez sucesso após os anos 70, escrevendo canções como “Bala com Bala”, “De Frente Pro Crime”, “Mestre-Sala dos Mares” e “Caça à Raposa”. A música “O Bêbado e a Equilibrista”, interpretada por Elis Regina, foi como um hino contra a ditadura militar para comemorar a volta dos exilados políticos ao Brasil com a garantia de que não seriam presos pelos militares.

A morte do músico e compositor foi lamentada por artistas e intelectuais nas redes sociais.

*Com informações do UOL

Comentários