Coronavírus

Transmissão da Covid-19 é investigada por pesquisadores da USP

O foco da pesquisa é investigar o porquê de algumas pessoas não se infectarem pela doença mesmo convivendo com outras que testaram positivo

diario da manha

Segundo informações publicadas ontem (2) pelo G1 um estudo realizado pela Universidade de São Paulo (USP) investiga o processo de contaminação pela Covid-19. O foco da pesquisa é investigar o porquê de algumas pessoas não se infectarem pela doença mesmo convivendo com outras que testaram positivo.

Conforme a reportagem, os pesquisadores estão cientes que uma parte da sociedade apresenta um sistema imunológico que pode enfrentar de forma positiva o novo coronavírus. No entanto, há a suspeita que a genética possa evidenciar novas explicações para os cientistas.

Para o levantamento de informações e possíveis respostas sobre o coronavírus, o sangue de pessoas que conviveram com doentes, mas que não pegaram a Covid-19, é coletado pelo Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-Tronco (CEGH-CELL) da USP, segundo a matéria.

“A gente quer entender por que existe essa variabilidade. E a gente acredita que isso está nos nossos genes. Então, para poder descobrir isso, eu resolvi focar nos dois extremos: então, nas pessoas que infelizmente tiveram formas muito graves e foram a óbito, e do outro lado as pessoas que são resistentes, que foram infectadas e principalmente pessoas mais idosas, nonagenários e centenários”, explicou a coordenadora do CEGH-CEL ao G1.

Comentários