Cidades

Vicentinópolis: diretora de hospital municipal morre por Covid-19

diario da manha
Foto: Reprodução

Maria Leal, 38 anos, diretora do Hospital Municipal de Vicentinópolis, na região sul de Goiás, morreu com coronavírus, declarou a Secretaria de Saúde da cidade. Ela estava internada há apenas um dia no Hospital de Campanha de Itumbiara.

A assessoria do HCamp também confirmou na manhã desta quinta-feira (16), a morte da funcionária. Comunicaram ainda que ela deu entrada na unidade na segunda-feira (13) e morreu na terça-feira (14). Ela estava internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Conforme a Secretaria de Saúde ela era diretora do hospital há aproximadamente três anos. Seguindo protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS), não houve velório e o corpo da vítima foi sepultado no cemitério municipal.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria, na última quarta-feira (15), a cidade de Vicentinópolis tem 23 casos e duas mortes.

Segundo o último balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), mostra que o estado tem 39.072 casos confirmados e 927 mortes pela covid-19, desde o início da contagem, em meados de março. Do total, 11.920 pessoas se recuperaram da doença até esta tarde. Ainda há uma fila com 93.997 pessoas com suspeita da infecção à espera de resultado de exames.

A taxa de letalidade da doença no estado está em 2,37%, de acordo com os dados do governo. Os leitos de UTI para adultos, na rede estadual, estão com 88,8% de ocupação. Já na rede municipal de Goiânia, 97,4% das vagas estão ocupadas.

*Com informações do G1

Comentários