Coronavírus

Facebook remove post de Trump por ser fake news sobre a Covid-19

diario da manha

Pela primeira vez, o Facebook removeu um vídeo de Donald Trump, no qual ele afirmava que crianças são quase imunes ao coronavírus. A empresa disse que o post violava as regras sobre a compartilhamento de informações falsas sobre o vírus.

No vídeo, retirado de uma entrevista à Fox News, ele citou crianças ao defender a reabertura de escolas no país. “Se você olhar para crianças, as crianças são quase – e eu diria definitivamente -, quase imunes a esta doença”. disse.

O mesmo vídeo havia sido publicado pela conta da campanha de Trump no Twitter, mas também foi ocultado. A empresa alegou o mesmo motivo do Facebook.

Facebook remove post de Trump por ser fake news sobre a Covid-19 (Foto: OLIVIER DOULIERY/AFP)
Facebook remove post de Trump por ser fake news sobre a Covid-19 (Foto: OLIVIER DOULIERY/AFP)

Em maio, Jair Bolsonaro recebeu um alerta de Fake News em story no Instagram, que pertence ao mesmo grupo. Na publicação, o presidente afirmou que o número de mortes por doenças respiratórias no Ceará diminuiu em 2020.

No entanto, a Agência Lupa mostrou que, ao contrário do que foi publicado por ele, os números sofreram aumento. 2.808 morreram por doenças respiratórias no estado entre 16 de março e 10 de maio de 2019 e 3.217 no mesmo período deste ano. Ou seja, ao menos 409 casos a mais em comparação ao ano passado.

Comentários