Coronavírus

Estudo investiga uso de corticoides no tratamento contra a Covid-19

Corticoides podem ajudar no alívio da inflamação, inchaço e dores ocasionadas pela Covid-19, conforme estudo publicado nesta quarta-feira (2) pelo Mestre em Ciência Aplicada e P.h.D., Jonathan A. C. Stern, e equipe de cientistas do Department of Population Health Sciences, de Bristol Medical School, da Universidade de Bristol, Inglaterra

diario da manha
Foto: zhengshun tang/Getty Images

A dexametasona, hidrocortisona e a metilprednisolona podem ajudar no alívio da inflamação, inchaço e dores ocasionadas pela Covid-19, conforme estudo publicado nesta quarta-feira (2) pelo Mestre em Ciência Aplicada e P.h.D., Jonathan A. C. Stern, e equipe de cientistas do Department of Population Health Sciences, de Bristol Medical School, da Universidade de Bristol, Inglaterra.

Segundo reportagem da revista Exame, os dados apontaram que os corticoides podem reduzir a morte ocasionada pela doença. Conforme o site, um número significativo de contaminados morrem por causa de uma resposta aprofundada do organismo no enfrentamento à doença.

De acordo com a publicação, a meta-análise realizou a observação de mais de 1.700 levantamentos de pacientes em sete testes clínicos randomizados. Isso significa que nem os pacientes, nem os médicos sabiam o medicamento administrado, como explica a matéria.

Conforme a matéria, 647 pacientes morreram e a mortalidade foi baixa quando corticosteroides foram administrados comparados com as pessoas que receberam o tratamento padrão contra a doença. Ou que recebeu uma combinação de placebo.

Segundo o portal da revista, os estudiosos pontuaram que as medicações utilizadas não resultaram ou elevaram os efeitos colaterais e sintomas da Covid-19.

Ainda não há remédio aprovado contra a doença. Os tratamentos em uso são pontuados como experimentais, como ressalta a revista Exame.

Comentários