Coronavírus

Leitos de UTIs tem 92% da capacidade ocupados

Numero crescente de contágios pela Covid-19 preocupa governador de Goiás.

diario da manha

Em Goiás, a ocupação dos leitos de UTIs para o tratamento da Covid-19 chega a 92,31%. O Estado conta com 390 internações e apenas 29 unidades disponíveis. Estas unidades estão distribuídas em Goiânia, Anápolis, Trindade, Senador Canedo, Nerópolis, Catalão São Luís de Montes Belos, Itumbiara e Luziânia.

Contudo, na enfermaria o numero de leitos chega a 417, com taxa de ocupação em 67,39%. No Estado temos apenas 137 lugares. Logo, a taxa de ocupação total de leitos destinados à doença chega a 79,55%, uma porcentagem preocupante.

Em entrevista na última quarta feira (24), o governador Ronaldo Caiado afirmou que o mês de março está previsto para ser o pior momento para o enfrentamento à Covid-19. O crescimento na demanda nos hospitais está crescendo gradativamente. De acordo com ele, estão sendo abertos novos leitos, e que apenas nesta semana já foram abertos 50 destinados ao coronavírus.

” Estamos hoje com muito mais leitos de enfermaria e de UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) do que na primeira onda, e a demanda está cada dia maior”, relatou.

Contudo, a sobrecarga nos hospitais tem sido algo preocupante, o governador relatou sobre a importância da colaboração da população neste momento. “Se não tivermos a contrapartida da população, fica difícil. Já disse e repito: há limitação, principalmente das nossas equipes na área de saúde. Estão estafadas, sobrecarregadas, alguns não suportam a carga do volume de trabalho”, ponderou.

Sobre as vagas disponíveis para tratamento de Covid-19 em Goiás

  • Goiânia: 4 vagas no Crer e 3 no Hugol;
  • Nerópolis: 6 vagas no Hospital Sagrado Coração;
  • Senador Canedo: 3 vagas no Hospital Municipal;
  • Luziânia: 3 vagas no Hcamp;
  • Catalão: 2 vagas;
  • Itumbiara: 2 vagas;
  • São Luís de Montes Belos: 2 vagas;
  • Anápolis: 1 vaga no Hospital de Urgências;
  • Trindade: 1 vaga no Hospital de Urgências;

Comentários