Coronavírus

Aparecida de Goiânia lidera casos de covid-19 em Goiás

Município adotou procedimento de abertura para comércios, apesar de liderar casos da doença durante a pandemia

diario da manha

Aparecida de Goiânia lidera casos de contaminação de covid-19. Dados desta segunda-feira, 15 de março, às 15h30, indicam taxa de incidência de 8658,737. Senador Canedo registra 8189,233, enquanto Rio Verde tem taxa de 7747,181.
O prefeito Gustavo Mendanha optou no domingo, 14, por flexibilizar as regras de combate da covid-19 e liberar o comércio no município.
O escalonamento regional de atividades econômicas adotado pela Prefeitura, que consta na portaria 022/21, dividiu a cidade em dez macrozonas. Pela regra, um quarto delas deve suspender as atividades duas vezes na semana, de segunda à sexta-feira. O final de semana também terá restrições a partir das 13h de sábado.
Através de nota, os gestores do município afirmam que Aparecida de Goiânia tem combatido a covid-19, com várias ações como testes, vacinação e redução de aglomerações.

Veja nota da Prefeitura de Aparecida de Goiânia na íntegra

O Comitê de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19 em Aparecida de Goiânia esclarece que o modelo de isolamento social intermitente por escalonamento regional é semelhante ao modelo 14 por 14 dias. Considerando um ciclo de 28 dias, cada macrozona vai fechar 14 dias também. Além disso, várias atividades econômicas não essenciais estão com as atividades suspensas, independente do escalonamento regional.

O escalonamento regional praticamente suspende tudo entre segunda e sexta-feira na macrozona fechada – até supermercados.

As exceções ao escalonamento são mínimas e todos devem seguir o rigoroso protocolo de segurança sanitária.

O nível de restrições são ditadas pela Matriz de Risco. São quatro estágios de risco: estável (verde), moderado (amarelo), alto (laranja) e altíssimo (vermelho). Atualmente, Aparecida encontra-se no estágio de risco alto – laranja. 

Fiscalização, previsibilidade e adesão da população são indicadores da aprovação do isolamento social intermitente por escalonamento regional.

O Comitê Prevenção e Enfrentamento à pandemia em Aparecida ressalta ainda que o isolamento social intermitente se soma aos esforços da Secretaria de Saúde de Aparecida para conter a doença.

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia, por meio da Secretaria de Saúde, com a sua estratégia de enfrentamento à pandemia, desde março de 2020, baseada nas orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), tem cumprindo os esforços para combater a doença e preservar vidas. 

A Prefeitura testa, monitora e cuida. Com testagem em massa – já fez mais de 220 mil testes RT-PCR – e segue testando acima de 1000 pessoas por dia, monitorando os casos ativos para evitar internação e ampliando leitos hospitalares e ampliou pra mais de 320 leitos hospitalares sendo 140 UTIs. 

Comitê de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19 de Aparecida é formado por membros das pelas secretarias da Prefeitura de Aparecida, Ministério Público, Defensoria Pública, Câmara de Vereadores, Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (Aciag), Associação dos Feirantes (Afag), Associação Comercial, Industrial e Empresarial da Região Leste de Aparecida (Acirlag) e Sebrae Goiás – Regional Aparecida. Todas as decisões são tomadas com base em análise técnica do cenário epidemiológico.

Comentários