Coronavírus

Índia relata aumento de infecções por fungo em pacientes com covid

diario da manha
Por Sofia Aguiar

Hospitais na Índia relataram aumento no número de infecções por fungos encontrados em pacientes com covid-19. Diante dos relatos, o governo indiano instruiu os médicos a procurarem sinais de mucormicose, uma infecção causada por fungo, em pessoas com coronavírus, apontou a Sky News.

De acordo com informações, a doença pode causar escurecimento ou descoloração do nariz, visão turva ou dupla, dor no peito, dificuldades respiratórias e tosse com sangue.

A infecção está fortemente relacionada ao diabetes, que pode ser estimulado pelos esteroides usados para tratar pacientes graves com covid-19.

David Denning, professor da Universidade de Manchester, especialista em infecções fúngicas, disse à Reuters que houve casos relatados em vários outros países, incluindo Reino Unido, Estados Unidos, França, Áustria, Brasil e México. No entanto, segundo ele, “o volume de infecções é muito maior na Índia”.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, ainda anunciou nesta terça-feira, 11, que não vai viajar à Grã-Bretanha para a cúpula do G7 no mês que vem por causa da situação do coronavírus no país, informou a Reuters.

“Embora aprecie o convite ao primeiro-ministro feito pelo primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, para participar da Cúpula do G7 como um convidado especial, dada a situação prevalecente do covid, foi decidido que o primeiro-ministro não comparecerá à Cúpula do G7 pessoalmente”, afirmou o gabinete de Modi em comunicado.

Leia também:

Comentários