Coronavírus

CPI da Covid investiga venda de testes rápidos ao DF

A Precisa Medicamentos já foi alvo de outras investigações

diario da manha
COVID19 test for diagnosis new corona virus

No Distrito Federal a Comissão Parlamentar de Inquéritos (CPI) da Covid, está investigando a empresa Precisa Medicamentos. Segundo informações a instituição estaria com irregularidades na compra de 20 milhões de doses da vacina Covaxin pelo governo federal.

A empresa faz parte de um processo do Tribunal de Contas do DF (TCDF), que apura contrariedade na compra de 150 mil testes rápidos de Covid pelo governo do DF.

Além de ter causado a prisão do ex-secretário de Saúde Francisco Araújo, na operação Falso Negativo. Em dezembro o TCDF, limitou DF a fazer pagamentos para a Precisa.

De acordo com investigadores, há indícios de que a companhia foi beneficiada em processos de compra dos testes. Sobre as especulações a empresa disse em nota que “esta contratação já foi analisada pelo Ministério Público do Distrito Federal, em uma ampla investigação, e que não ofereceu denúncia em relação à empresa ou seus dirigentes, enquanto outros investigados foram denunciados”, afirmou.

No documento ainda informa que a empresa está à disposição para “mostrar que sempre atuou seguindo os mais rigorosos critérios”. O texto é assinado pelos advogados Ticiano Figueiredo e Pedro Ivo Velloso, que defendem a instituição.

tags:

Comentários