Coronavírus

Goiânia antecipa segunda dose da AstraZeneca

Ronaldo Caiado acredita que a Fiocruz ampliará ainda mais a oferta no mês de julho

diario da manha

A antecipação da segunda dose da AstraZeneca teve início no dia 7 de julho de 2021 e segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia o prazo está sendo adiantado sucessivamente a cada semana na capital.

Para a segunda dose da Pfizer, o cronograma permanece o mesmo do início e não há previsão de antecipação para este imunizante. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), a antecipação é algo que está em debate sim, mas depende de quando houver mais doses disponíveis.

O governador Ronaldo Caiado também se mostra otimista com a antecipação da segunda dose da AstraZeneca. E reiterou que a Fiocruz, em função do acordo internacional estabelecido, não apenas recebe os imunizantes da Oxford-Astrazeneca, mas também tem produção própria à partir do ingrediente farmacêutico ativo (IFA).

“Acreditamos que, exatamente neste mês de julho, vamos ter uma Fiocruz que dará conta de ampliar muito a oferta. Lógico que, quanto mais oferta tivermos, dentro desse quadro e dessa análise feita pelo comitê, nós vamos poder antecipar a aplicação da segunda dose e assim, dar uma cobertura maior e mais rápida, para que não tenha o comprometimento de nossa população”, prospectou.

A SMS afirma que no caso da Astrazeneca e Pfizer, o cronograma é feito com base nos dias de aprazamento e recebimento de doses entregues ao município. À partir deste quantitativo, é possível ter uma noção de quantas pessoas vão receber o imunizante em cada dia da semana e só então montar a estratégia no calendário.

A Secretaria afirma que o objetivo do adiantamento das doses é melhorar a logística de imunização, uma vez que a bula da vacina permite aplicar a segunda dose entre 9 a 12 semanas, e o Ministério da Saúde também recomenda o mesmo. Ainda alerta que o processo para segunda dose é bem mais rápido em relação à primeira.

Um levantamento feito pela SES-GO apurou que, referente à primeira dose, foram aplicadas 2.558.021 doses das vacinas contra a Covid-19 em Goiás. Em relação à segunda dose, foram vacinadas 840.574 pessoas. Esses dados são preliminares segundo o Localiza do Sistema Único de Saúde (SUS) do Ministério da Saúde.

A maratona de vacinação contra Covid-19 da Prefeitura de Goiânia foi encerrada no último domingo, 11, com a aplicação de 6,5 mil doses de imunizantes. Outras 8 mil pessoas estão previstas para para recebimento da primeira dose nos próximos dois dias.

Leia também:


Comentários