Coronavírus

OMS prevê fim da pandemia na Europa

Segundo o diretor da Organização Mundial da Saúde, a mutação do vírus poderá infectar cerca de 60% dos europeus antes de março

diario da manha

A variante da covid-19, ômicron pode acelera o fim da pandemia na Europa. No entanto, segundo o diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS), a mutação do vírus poderá infectar em média de 60% dos europeus antes de março deste ano.

Segundo o diretor, assim que a onda ômicron diminuir haverá uma imunidade global por algumas semanas ou até por alguns meses. Ele afirma que a taxa do número de infectados poderá cair seja por causa da vacinação ou até mesmo pelas pessoas terem sido imunizadas com a própria infecção da doença. Acrescentou também a necessidade dos cuidados no combate ao vírus.

A organização espera que haja um período de calma antes do possível retorno da covid-19 no fim do ano, mas não necessariamente a volta da pandemia. No último domingo 23, o conselheiro da Casa Branca dos Estados Unidos, Athony Fauci, disse que a variante ômicron estaria atingindo o pico nos EUA.

Segundo ele, é provável que após atingir o nível máximo, o número de casos da doença poderá vir a cair nas próximas semanas. De acordo com o conselheiro, a queda do número não significa que o vírus acabará, as infecções continuarão mas não perturbaram a sociedade.

*Com informações do IG

Leia também:

Comentários