Coronavírus

MP recomenda volta do uso obrigatório de máscara em três cidades goianas

A recomendação é uma medida para conter a nova onda de contágio de Covid-19 nos municípios

diario da manha
Foto: Unsplash

O Ministério Público de Goiás (MPGO) recomendou a volta do uso de máscaras em locais fechados nos municípios de Mineiros, Santa Rita do Araguaia e Portelândia. A recomendação é uma medida para conter a nova onda de contágio de Covid-19.

Segundo o promotor de Justiça, Justiça Henrique Golin, os três municípios tiveram um aumento considerável no contágio de Covid-19. Uma reunião com com os secretários de saúde da comarca e médicos especialistas foi feita no início de junho, na qual houve um acordo sobre a necessidade de providências para impedir o avanço da doença.

Entre as recomendações, estão:

a) obrigatoriedade de uso de máscaras em ambientes com mais propensão para contágio, como hospitais e unidades de saúde, e em locais fechados com aglomeração e permanência prolongada de pessoas, especialmente escolas e grandes empresas;

b) ações educativas específicas destinadas à população, para advertir sobre o risco sanitário atual e orientar procedimentos para casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 e de gripe.

Presença do vírus no esgoto

Uma pesquisa feita pela Universidade Federal de Goiás (UFG) demonstrou que a presença do vírus no esgoto aumentou sete vezes entre 29 de maio e e 18 de junho, antes eram 20 trilhões de cópias a cada dez mil habitantes por dia, agora são 142 trilhões a cada dez mil habitantes, sendo o maior número no último ano.

O aumento acompanha o número de casos de Covid-19 no estado, a atual média móvel, que segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), é de 2.146,43 casos, sendo 366 registrados nas últimas 24 horas. Dos leitos de UTI, 87% estão ocupados, e 100% na enfermaria.

Leia também

Comentários