Cotidiano

Bebê de um ano morre afogado em Jataí

diario da manha

Nesta segunda-feira (30) em Jataí, no sudoeste de Goiás, um bebê de um ano morreu após se afogar na piscina da casa onde morava com a família. A criança foi encontrada pela mãe e pela babá boiando no local, segundo o Coro de Bombeiros. Ela chegou a ser socorrida e levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. A Polícia Civil está encarregada de investigar o caso.

Bebê se afogou na piscina de casa (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Bebê se afogou na piscina de casa
(Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

De acordo com o subtenente Lorivaldo Ribeiro da Silva, a suspeita é de que o menino tenha engatinhado e caído dentro da piscina. “A mãe e a babá nos disseram que se descuidaram uns dez minutos do bebê e, quando foram procurar, o encontraram dentro d’água”, informou.

Na piscina da casa da família, alega o bombeiro, não havia nenhum tipo de proteção além de uma lona utilizada para evitar que algo pudesse sujar a água da piscina.

Os moradores da casa estavam desesperados, então chamaram os vizinhos e foram eles quem acionaram o socorro. O bebê foi levado para o Centro Médico de Jataí, mas ele não resistiu e morreu logo após a entrada na unidade.

Investigação

O médico legista que examinou o corpo do bebê confirmou que a causa da morte foi asfixia por afogamento. Mesmo assim, será apurada a responsabilidade de quem deveria estar cuidando do bebê, assegura o delegado regional Marcos Rogério Guerini.

“Se uma criança de um ano morre afogada na piscina de uma residência, houve negligência, mas temos que ver da parte de quem, quem tinha a responsabilidade de estar com a criança naquele momento”, disse o delegado.

Ainda esta noite o delegado deve começar a ouvir algumas testemunhas informalmente.

Comentários

Mais de Cotidiano