Cotidiano

RMTC se posiciona sobre problemas que afetam o transporte coletivo na manhã de hoje

Segundo a RMTC, as principais linhas afetadas são as que circulam no Centro.

diario da manha

Na manhã desta sexta-feira, ocorreu um princípio de tumulto nos terminais de Goiânia devido a uma manifestação das centrais sindicais. O protesto ocorre em todo País e, em Goiânia, acabou afetando a circulação dos ônibus.

De acordo com a Rede Metropolitana do Transporte coletivo (RMTC), apenas os ônibus do Eixo Anhanguera não circularam, mas a paralisação dessa linha interferiu nas outras. “As linhas RMTC foram impactadas pelos problemas causados por manifestantes terem impedido a saída dos ônibus do Eixo Anhanguera. As demais viagens, de responsabilidade da RMTC, foram mantidas e até reforçadas para tentar garantir o atendimento à população”, informa por meio de nota.

Segundo a Rede Metropolitana, os transtornos ocorridos na manhã de hoje se iniciaram com uma manifestação das centrais sindicais. A RMTC enfatiza que os motoristas não estão em greve. “Esclarecemos que os fatos que estão ocorrendo não se relacionam com um movimento de motoristas, mas um movimento nacional de centrais sindicais que está afetando o transporte público e diversos outros serviços em todo o País”, pontua o documento.

A RMTC destaca que o usuário do transporte coletivo pode se manter informado sobre opções de linhas por meio do site ou aplicativos. “Para alternativas ao Eixo Anhanguera, quando possíveis, os clientes do transporte público podem acessar o site da RMTC (rmtcgoiania.com.br) ou os aplicativos que utilizam os nossos dados oficiais Moovit e GynBus para planejar suas rotas”, enfatiza a nota.

Ainda conforme a RMTC, devido à manifestação promovida pelas centrais sindicais, as linhas de ônibus que circulam no Centro de Goiânia serão as principais afetadas.

Comentários

Mais de Cotidiano