Cotidiano

Bancada federal e segmento católico acompanham Marconi em visita ao Hugol

diario da manha

Seguindo o cronograma de visitas ao Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (Hugol), o governador Marconi Perillo foi acompanhado, na manhã desta sexta-feira, 19, pelo segmento católico de Goiânia e a bancada federal, que foram conhecer as instalações do novo hospital do Estado que será inaugurado no próximo dia 6.

Essa foi a terceira visita do governador à nova unidade de saúde do Estado nesta semana. Com a primeira dama, Valéria Perillo, e o secretário de Saúde, Leonardo Vilela, Marconi Perillo apresentou o hospital aos convidados. “O resultado final do Hugol é fantástico. Nós conseguimos uma obra de primeiro mundo com o custo muito baixo. Este ano eu trouxe seis governadores para conhecer as mudanças da Saúde em Goiás, e eles ficaram impressionados com o trabalho que estamos fazendo aqui”, comemorou Marconi.

Ele relatou como a mudança na gestão da Saúde a cargo do Governo estadual proporcionou avanços no atendimento aos goianos: “Hoje, graças a Deus, podemos andar de cabeça erguida porque conseguimos reerguer a política estadual de Saúde.”

“Quero dizer da minha alegria em fazer o que todo mundo devia fazer: prestar à população um atendimento humanizado, cristão e de qualidade. Felizmente, nós vamos deixar 10 hospitais de urgência em Goiás no fim deste governo. Essa é uma marca que vai ficar. E queremos levar essa eficiência para as outras áreas do Estado.”

Durante seu discurso, ele agradeceu à equipe da Organização Social Agir, que será responsável pela administração do Hugol. E falou sobre a importância das OSs serem comandadas por pessoas sérias: “O que é realizado hoje no Crer, pela Agir, é modelo no Brasil, e sei que com o Hugol não será diferente. Precisamos de gestores sérios nas OSs, por isso criamos uma fiscalização fortíssima para que não haja deslizes nas direções dos hospitais. Nós temos metas que precisam ser atingidas na Saúde do Estado.”

Ao final da apresentação, o arcebispo de Goiânia, Dom Washington Cruz, abençoou o hospital. “Deus está na origem dessa obra. E deu a toda a sua equipe coragem para servir aos pobres”, observou.

Estrutura

O Hugol será o hospital sustentável mais moderno e eficiente do Brasil Central. O investimento na obra foi de aproximadamente R$ 168 milhões, e mais R$ 90 milhões em equipamentos. A nova unidade de saúde terá 360 leitos, 5 pavimentos de enfermarias para internação, 10 leitos de observação e 40 UTIs neonatal e pediátrica, além de 13 leitos para vítimas de queimaduras, o atendimento a serviços médicos de urgência e emergência, entre outros.

O hospital prestará os mesmos serviços do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), além do acréscimo do atendimento a vítimas de queimaduras. O número de leitos do Hugol é quase 50% superior ao do Hugo.

Acompanharam também o governador o senador Wilder Morais e os deputados estaduais Francisco Jr, Chiquinho de Oliveira e Virmondes Cruvinel.

Comentários

Mais de Cotidiano