Facebook espalha vírus pornográfico e constrange usuários

Novo vírus que se espalhou na rede desde domingo, o Amazonaws, não é difícil de ser retirado, mas se propaga rapidamente. Internet é cada vez mais espaço incerto e irregular para realizar comunicação sem riscos

diario da manha

 

Tom Carlos

Não adianta dizer o contrário: as redes sociais são espaços para todo tipo de gente. Enquanto as mídias tradicionais são seletivas, o Facebook, por exemplo, pode ser utilizado até mesmo dentro de um presídio. A prova de que tem se tornado quase impossível usá-lo sem provações morais e mesmo criminais é o novo vírus que se espalhou na rede: desde domingo, o Amazonaws, entra em contato com você para “sequestrar navegadores” e se espalhar através de mensagens que pedem ajuda para denunciar publicações com apelo pornográfico.

Só que em vez de denunciar a pornografia, ele é a própria pornografia. Quem recebeu notificações dizendo que um amigo “disse que estava com você e outras 19 pessoas” não deve clicar no link.

A publicação parece trazer um vídeo de conotação pornográfica, que ao ser acessado faz com que o usuário compartilhe o vírus com outros amigos. O vírus S3.amazonaws.com/addns/ pode ser transferido através de anexos de e-mails, sites comprometidos ou pelos posts no Facebook.

 

COMO RETIRAR

Se você quer fugir deste vírus, faça o seguinte: vá até o campo “Configurações”, no canto superior da tela, e em seguida em “Aplicativos”. É hora de excluir: para isso, clique no “X” ao lado do aplicativo e na sequência em “Remover”. O usuário deve também acessar a opção “Registro de atividades”, no menu do canto superior direito da tela. Lá, exclua todas as publicações indesejadas.

No Google Chrome, vá em “Ferramentas” e em seguida em “Extensões”. No Firefox, acesse “Complementos”. Se você usa o Internet Explorer, clique em “Gerenciar Complementos” e depois na aba “barras de ferramentas e extensões”.

Outra opção para remover o vírus manualmente, é preciso abrir o navegador Firefox, clicar em Ajuda e selecionar Solução de Problemas. Depois, selecione a opção Redefenir Firefox. Após o término da operação, basta clicar em Fechar e o navegador irá iniciar. O próximo passo é verificar se todos os itens da lista são de sua confiança. Caso algum deles não seja, ele deve ser excluído. Se a aba de extensões não se abrir, o vírus pode já ter tomado conta do navegador. O programa deve, então, ser reinstalado. Além dessas medidas, é recomendado também que o usuário troque a senha de acesso ao Facebook. [Com informações da Agência Brasil]

Comentários