Cotidiano

Paulo Garcia e Maguito fecham parceria do BRT

Prefeitos de Goiânia e Aparecida acertam detalhes para transferência de área. Local será usado para construção de terminal de embarque e desembarque de passageiros. BRT Norte-Sul beneficiará moradores dos dois municípios

diario da manha

 

Da redação

Os prefeitos Maguito Vilela (Aparecida) e Paulo Garcia (Goiânia) se reuniram na tarde de ontem na sede da Prefeitura de Aparecida para acertar detalhes da transferência da permuta de uma área de 14 mil metros quadrados dos Correios, que fica na congruência das avenidas Rio Verde, Paraguassu e Tapajós, na Vila Brasília, para a construção de um terminal de embarque e desembarque de passageiros do Bus Rapid Transit (BRT) Norte-Sul, que interligará Aparecida à região norte da capital.

“O BRT Norte-Sul beneficiará a população das duas cidades. Por isso, estamos viabilizando a parceria para a permuta de áreas para que seja implantado no local  um terminal de ônibus moderno e confortável”, destacou o prefeito de Aparecida.  A Prefeitura de Aparecida realizará a permuta de outra área com mesmo valor venal com os Correios para ceder o terreno na Avenida Rio Verde para a implantação do BRT. “Não haverá nenhuma dificuldade porque a obra é de interesse público e, lógicamente, de interesse de todos os envolvidos. Agora, precisamos observar a legislação, mas fazer tudo com a celeridade necessária”, argumentou Maguito.

Durante a visita a sede da Prefeitura de Aparecida, o prefeito de Goiânia explicou a urgência de se resolver a situação dos Correios. “A frente norte do BRT está com obras avançadas e precisamos dar início nas obras da frente sul e a transferência desta área dos Correios para a prefeitura de Aparecida, que é nossa parceira, é imprescindível para o andamento dos trabalhos de implantação desse importante corredor do do transporte coletivo”, sublinhou Paulo Garcia.

Foram apresentadas três áreas que poderão ser permutadas com o Correios no município de Aparecida, sendo que uma delas foi proposta pelo presidente da Câmara Municipal, Gustavo Mendanha (PMDB), que é a área onde seria construída a nova sede do Legislativo às margens da BR-153 na região Central. “Como a Câmara já tem uma nova área no Setor Village Garavelo para construir a nova sede, podemos colocar a disposição a nossa outra área”, detalhou.

Existe ainda um terreno na região leste que pertence à prefeitura de Goiânia e que fica próxima à extensão do Anel Viário e do desvio da BR-153 e também uma área na região mais industrializada da cidade. Essas áreas deverão ser analisadas pelo Correios, que deseja implantar mais um Centro de Distribuição de Cartas e Encomendas.

“Nossa previsão para essa nova área é construir mais um Centro de Distribuição, por isso precisamos avaliar a logística da nova área e também não pode ter valor venal menor que o valor da atual área do Correios que será permutada. Nós já conversamos com o diretor nacional e não há nenhum impedimento para o processo de permuta, mas precisamos de uma área que tenha uma boa localização para dar viabilidade aos projetos da empresa e não precisa ser apenas uma área, dependendo, podem ser duas ou três que atinjam o valor venal da nossa área atual”, salientou o diretor regional do Correios em Goiás, Sérgio Repolho.

No final da reunião foi formada uma comissão com representantes técnicos das duas prefeituras e do Correios para analisarem as três áreas propostas e assim darem o parecer final na próxima reunião, que ficou pré-agendada para terça-feira da próxima semana. Chefiará a comissão pela prefeitura de Aparecida o secretário de Planejamento Afonso Boaventura. O representante de Goiânia será o coordenador da implantação do BRT, Ubirajara Abud e pelo Correios o representante será o diretor adjunto, Valdeir Pimenta. Também estiveram presentes na reunião os secretários Euler Morais (Governo), Carlos Eduardo de Paula (Fazenda), Júlio Lemos (Habitação), Ozéias Laurentino Júnior (Comunicação), Valdemir Souto (SMTA) e Mário Vilela (Infraestrutura).

 

TERMINAL

O prefeito Maguito Vilela e o vereador Edilson Ferreira (PMDB), solicitaram também, durante a reunião, que a Companhia Metropolitana do Transporte Coletivo (CMTC) realize estudo de viabilidade da extensão do BRT Norte Sul do Terminal Cruzeiro até o Terminal Garavelo, beneficiando também aquela região do município. “Já há a viabilidade de extensão do BRT até o Terminal Veiga Jardim e agora buscamos o parecer viável para extendê-lo até o Garavelo. Caso o parecer seja favorável vamos elaborar o projeto e buscar recursos para a execução da obra”, ressaltou o prefeito ao lado do vereador que representa a região. BRT – Considerado um dos principais projetos de mobilidade do país, o BRT é um corredor exclusivo para ônibus que interligará a região noroeste da Capital ao município de Aparecida. Dos 21,8 quilômetros de extensão do corredor, oito quilômetros serão em Aparecida. O BRT sairá do Terminal Cruzeiro do Sul, que fica na Avenida Rio Verde, no Jardim Nova Era, com destino ao Terminal do Setor Recanto do Bosque, em Goiânia. Para garantir o início das obras, a Prefeitura de Aparecida está conduzindo desapropriações na região, a maioria concentrada na Avenida Rio Verde. O sistema BRT será implantado com o objetivo de criar eixos de transportes integrados à rede existente.

tags:

Comentários