Cotidiano

Alunos de escola em Santo André continuam internados com infecção intestinal

Camila Maciel – Repórter da Agência Brasil

Vinte e nove alunos do Colégio Jatobá, em Santo André, com sintomas de infecção gastrointestinal continuam internados em hospitais do Grande ABC e de São Paulo, informou a secretaria de Saúde do município. Um deles está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Com quadro de diarreia, dor abdominal, vômito, febre, dor de cabeça e desidratação, 56 estudantes da mesma escola foram internados em hospitais da região no último dia 20. Desde segunda-feira (24), ocorreram 27 altas médicas.

Ontem (25), laudo do Instituto Adolfo Lutz descartou a contaminação pela água no colégio. O resultado do exame de cultura das fezes para quatro pacientes foi positivo para bactéria Shiguella Sonnei, que ataca o intestino.

Nos primeiros dias de surto, quatro estudantes precisaram ser levados para UTI, onde apenas um permanece. A suspeita é que algum alimento possa ter provocado a intoxicação. A previsão é que o instituto divulgue o resultado dos exames de cultura das amostras de alimentos até sexta-feira (28).

A prefeitura informou que o surto se mantém restrito aos alunos do Colégio Jatobá, que é uma instituição de ensino particular. A Vigilância Epidemiológica e Sanitária de Santo André orienta que, caso alguma criança do colégio apresente tais sintomas, que procure o serviço de urgência e emergência. 

A escola permanece fechada para desinfecção. Em comunicado, a instituição informou que está “à inteira disposição para qualquer esclarecimento ou atendimento que se faça necessário, assim como apoio total às famílias das crianças hospitalizadas”.

Editor Maria Claudia

tags:

Comentários

Mais de Cotidiano