Cotidiano

Suspeitos de traficar pessoas são presos do DF

Três mulheres foram resgatas e já estão sob a proteção do Ministério da Justiça

diario da manha

Quatro suspeitos de tráfico de pessoas foram presos na manhã desta sexta-feira (28). Os criminosos mantinham as vítimas em cárcere privado depois de as trazer de diversos estados brasileiros com propostas de emprego e moradia.

“Ao chegar no Distrito Federal, as mulheres eram mantidas em cárcere e só eram liberadas para praticar os programas, na região de Taguatinga, onde eram constantemente monitoradas”, afirmou o delegado-chefe, Alexandre Dias.

Ainda não foi possível mensurar quantas pessoas foram vítimas dos criminosos, nem o tempo de atuação deles. Márcio de Melo Mirando, de 34 anos, liderava a associação criminosa junto com a esposa, Helena de Freitas Carvalho, 31 anos. Todo o dinheiro dos programas era repassado à Márcio.

Segundo o delegado, as condição do cárcere eram sub-humanas, onde as vítimas eram constantemente ameaçadas, sendo obrigadas a usarem drogas para que ficassem mais dependentes e submissas.

Os criminosos devem responder com associação criminosa, cárcere privado e rufianismo.

 

 

Comentários

Mais de Cotidiano