Cotidiano

Homem é preso após jogar pedaços de pizza durante votação na Câmara Municipal de Morrinhos

O homem ficou revoltado ao saber que a votação de cassação não seria aberta aos moradores

diario da manha
Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (02), um homem foi preso após jogar pedaços de pizza no braço do vereador Wellington Dias (PSL), na Câmara Municipal de Morrinhos, durante votação de cassação de dois vereadores do município, que fica no sul de Goiás. O homem ficou revoltado ao saber que a votação não seria aberta aos moradores.

A Polícia Militar (PM) informou que a audiência votava a cassação de Oberdan Mendonça Carvalho (SSD) e Wellington Dias. Eles eram investigados por contratação de funcionários fantasmas. O presidente da câmara, Alex de Souza Soares, decidiu que a votação seria secreta. Os dois já foram afastados do cargo pela Justiça.

Após a pizza ser jogada, a votação continuou, mas com muitas vaias. Dos 11 vereadores que votaram, apenas três se mostraram a favor da cassação de mandato. Mesmo com esse resultado, os vereadores não podem voltar ao trabalho por pelo menos quatro meses. O prazo de afastamento já acabou, mas o judiciário determinou que os dois não podem voltar a trabalhar nem receber o salário, que gira em torno dos R$ 7 mil, enquando o processo não for encerrado.

O homem foi preso e encaminhado para a delegacia de Morrinhos. O delegado Fabiano Jacomelis informou que o ato do homem foi de menor potencial ofensivo, por isso, após ser ouvido, ele foi liberado.

Comentários

Mais de Cotidiano