Cotidiano

TV Câmara: novo passo para implantação

diario da manha
Cabral assinou o termo de acordo de cooperação técnica, que garante a colaboração de todas as emissoras de TV legislativa (Foto: Divulgação)

O Presidente da Câmara de Rio Verde, Iran Cabral, participou na última terça-feira (17), do Congresso Nacional da Astral (Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas), em Brasília, onde assinou o termo de acordo de cooperação técnica, que garante a colaboração de todas as emissoras de TV legislativa na elaboração de conteúdo, grade de programação e recursos técnicos.

Esta é mais uma etapa da implantação da TV Câmara Rio Verde e Cabral considera este meio de comunicação uma importante ferramenta: “É extremamente necessário um canal que mostre tudo o que fazemos de forma clara, para que todos os cidadãos saibam do nosso trabalho, para que saibam o que vem sendo feito e para que participem deste processo”.

O presidente da casa também explica sua intenção de trazer a emissora motivado pelo crescimento da cidade. “Iniciei esta luta para trazer um canal de TV Legislativa para Rio Verde, uma cidade que cresce em todos os sentidos, pois é importante um canal de TV público em uma cidade que tanto cresce, que não para nunca”, explica Cabral.

Vale lembrar que o projeto de iniciativa de Iran Cabral, em parceria com a Câmara de Deputados através do Deputado Federal Heuler Cruvinel (PSD), havia sido requerido em maio deste ano e estava sob análise do Ministério de Comunicações, que aprovou a implantação e disponibilizou para o legislativo de Rio Verde o canal 49 da TV Digital em outubro.

“Hoje, já temos a garantia do Ministério das Comunicações para a nossa TV, um sonho realizado, uma nova conquista”, afirma o vereador, que ressalta: “Mas o trabalho continua, agora, temos que colocar esta emissora no ar, pois além de ser uma ferramenta de transparência da Câmara com a população, será uma emissora que levará para os lares rio-verdenses entretenimento, cultura, informação, educação e, principalmente, cidadania”.

Comentários