Cotidiano

Mais de 3,5 toneladas de drogas são apreendidas em Goiás

diario da manha

A investida das forças de Segurança contra a criminalidade no estado de Goiás resultou na prisão de centenas de traficantes e na apreensão de mais de 3,5 toneladas de drogas nos três primeiros meses deste ano.

Esses números mostram que as ações integradas entre as várias equipes da Polícia Militar com a Polícia Civil, em especial com o Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) e o Comando de Operações de Divisa (COD), aliadas ao aperfeiçoamento do sistema de inteligência da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), podem reduzir os números de crimes que têm relação direta com o tráfico e o uso de drogas.

As estatísticas mostram que mais de 50% dos crimes de homicídio no país têm ligação direta com o consumo e o tráfico de drogas.

Em todo o estado, as ocorrências de apreensão de entorpecentes e prisão de pessoas envolvidas no tráfico foram diárias. Além de drogas, foram desmantelados laboratórios de refino e empacotamento dos produtos a serem comercializados na capital e em cidades do interior.

Dezenas de balanças de precisão, prensas, rolos de papel e fitas também foram apreendidas pelos policiais. Houve um aumento considerável do número de prisões em flagrantes em relação ao registrado em anos anteriores em igual período.

Em apenas quatro grandes ocorrências, foram apreendidas 3,2 toneladas próximo à Paraúna (1,8 tonelada), próximo a Hidrolândia (0,5 tonelada), em Chapadão do Céu (447 quilos) e em Quirinópolis (meia tonelada).

FUGA
A primeira grande apreensão do ano foi feita, no dia 15 de janeiro, por policiais de uma barreira móvel do Batalhão de Polícia Rodoviário (BPMRV) na GO-050, próximo a Paraúna, em que foram encontrados 1,8 tonelada de maconha dentro de uma caminhonete S-10 roubada. De acordo com o tenente-coronel Cláudio de Oliveira, comandante do 1º Batalhão Rodoviário, que coordenava a operação, os policiais da barreira desconfiaram de duas caminhonetes S-10 que passaram e deram ordem para os condutores encostarem. Na ocasião, os condutores fugiram cada um para um sentido, e os policiais decidiram perseguir o que estava só na cabine.

Vinte minutos depois, os policiais militares fizeram o condutor encostar, já numa estrada de terra, e dentro do carro encontraram quase 2 mil tabletes de maconha na carroceria e no banco traseiro.  Os quatro ocupantes do outro veículo foram presos próximo à cidade de Campestre. Segundo os suspeitos, a droga seria transportada de Campo Grande para Goiânia. Eles foram conduzidos à Polícia Federal para a prisão em flagrante.

FUNDO
No dia 27 de janeiro, após troca de informações entre os serviços de inteligência do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), Comando de Operações da Divisa (COD) e o Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) da Polícia Civil, a Rotam interceptou um Ford Ka de cor vermelha no anel viário da BR 060 com três pessoas que se disseram batedores de um carregamento de drogas que estaria em uma Parati num posto de combustíveis em Chapadão do Céu.

 

DROGAS
A equipe do Batalhão de Rotam pediu apoio à equipe do Comando de Operações de Divisa que foi ao local e realizou a prisão do traficante. Na carretinha da Parati os policiais encontram 368 tabletes de maconha, totalizando 447 quilos, num fundo falso. Eles foram encaminhados à Genarc de Aparecida de Goiânia e presos em flagrante.

INTERNACIONAL

Na cidade de Quirinópolis, o Grupo de Patrulhamento Tático (GPT), da Polícia Militar, apreendeu aproximadamente 500 quilos de maconha que estavam dentro de um veículo na garagem de uma residência num bairro tranquilo da cidade. Era o dia 8 de março, quando por volta das 13h40, os sargentos F. Silva, de Freitas e Ademar patrulharam a GO 206 no sentido à cidade de Paranaiguara, quando nas proximidades da usina de açúcar e álcool Boa Vista encontraram um veículo parado às margens da rodovia, despertando suspeitas.

Ao abordarem o condutor, este informou que aguardava uma pessoa que traria combustível para que ele chegasse à cidade.

DROGAS2

Os policiais estranharam a fuga do outro motorista no momento em que viu a viatura. Os pms, com apoio da Polícia Rodoviária de Quirinópolis, composta pelos sargentos Gregório e Amorim, perseguiram o veículo e constataram que um dos ocupantes, de acordo com denúncias, estaria buscando drogas no Paraguai para vender no município. Foram até a casa do suspeito onde encontraram quase meia tonelada da droga.

O indivíduo que aguardava combustível na rodovia havia atuado como batedor do carregamento, ficando sem gasolina quase na entrada da cidade. Por configurar tráfico internacional, os dois foram levados à Polícia Federal da cidade de Jataí para as prisões em flagrante.

Trabalho de Inteligência

Ao monitorar por mais de um mês uma rota de tráfico internacional de drogas oriundas do Paraguai para distribuição em Goiânia, o Serviço de Inteligência do Batalhão de Rotam conseguiu orientar uma ação integrada nas rodovias que dão acesso à capital obtendo êxito no dia 15 de março.

A ação desmantelou uma quadrilha e apreendeu quase meia tonelada de maconha. De acordo com as investigações, a droga seria trocada por carros roubados. A grande operação começou às 7h visando a interceptação da quadrilha antes que ela entrasse em Goiânia.

 

Comentários

Mais de Cotidiano