Cotidiano

Zumba: ginástica que envolve dança

Por Rafael Freitas

Sensação do mundo fitness, a zumba é uma atividade física que tem chamado a atenção de muita gente pelo mundo afora. No Brasil, é uma dos exercícios físicos mais procurados nas academias. Criada nos anos 90 quando o colombiano Beto Perez improvisava uma de suas aulas de aeróbica ao som de músicas latinas com fitas-cassetes. Desde então a técnica foi se espalhando pelo mundo, tendo chegado a 14 milhões de adeptos.

Professor de ginástica há dez anos, Rogério Mendes Júnior afirma que a Zumba é a sensação do mundo “fitness”. “É uma aula de ginástica disfarçada de dança. Você acha que está dançando, mas na verdade você está fazendo ginástica. Ela lembra uma festa, onde o professor vai fazendo os passos e os alunos vão repetindo os movimentos”, explica.

Ginástica com dança propõe melhor qualidade de vida (Foto: divulgação)
Ginástica com dança propõe melhor qualidade de vida Foto: divulgação

A dança une música e exercícios físicos, e tem como ritmo o gênero musical latino como base. Segundo o professor Rogério, o que faz o exercício ser Zumba é a junção do ritmo musical com os movimentos do corpo.  “A base do exercício de Zumba só acontece se tivermos esses quatro ritmos: salsa, merengue, cúmbia e reggaeton. Fazemos uma viagem musical. Podemos colocar, por exemplo, música africana, indiana, brasileira, todo tipo de música na aula”.

Sobre a origem da Zumba, Rogério conta que o criador Beto Perez foi dar uma aula de ginástica e improvisou uma aula com os alunos. “Ele inventou uma aula de passos simples e os alunos amaram. Por fim, virou sucesso. Ele foi para os Estados Unidos, conheceu outros dois adeptos e fundaram a Zumba Fitness”.

A atividade física misturada à dança chegou ao Brasil há quatro anos e desperta interesse de muitas pessoas, desde crianças até idosos. Atrai pessoas de várias faixas etárias porque envolve facilidade e descontração para agregar qualquer pessoa, e eficiente porque trás retorno. Os primeiros benefícios da atividade física são o desenvolvimento mental e melhoria do bem-estar. Em segundo lugar, aparecem os benefícios para o corpo. Por ser um treinamento, tem um trabalho cardiovascular muito grande. E ainda: queima de calorias, diminui o peso, fortalece as coxas, glúteos, membros inferiores e região abdominal”, explica o professor Rogério. Além de uma queima rápida de calorias a pessoa emagrece ao mesmo tempo que diverte.

A modalidade pode ser praticada por qualquer pessoa e sem qualquer restrição. É uma aula descontraída para crianças, jovens e pessoas idosas. É importante saber que para fazer a atividade física que envolve dança, não precisa necessariamente saber dançar. São movimentos simples, geralmente praticados em escolas, academias e praças públicas, desde que tenha um professor certificado para dar aula. “É uma ginástica sem complicação, fácil, divertida, que tem todos esses ritmos latinos. E o mais interessante é que todo mundo está querendo fazer Zumba”, diz o professor.

A auxiliar administrativo Amanda Pereira de Paula, 18, faz zumba há um ano e encontrou nessa atividade descontração e bem-estar. “Sinto mais disposta para trabalhar, estudar e para fazer as coisas. Minha condição emocional melhorou muito. A gente dança, se diverte e faz amizades durante as aulas. É bom demais”, comemora.

A atendente de telemarketing Denise Souza Alcântara, 36, encontrou na zumba a oportunidade de melhorar as condições corporais e mentais. “Eu era muito nervosa e sofria por estar acima do peso. Eu tinha 80 quilos e perdi 15 depois que comecei a fazer zumba. Hoje também estou mais calma e menos estressada com as rotinas do dia a dia”, conta a mulher, que há seis meses se entregou aos ritmos latinos.

A zumba é a febre mais recente. Muitos homens e mulheres estão correndo atrás dessa nova modalidade, para dançar, é claro, mas também para perder calorias e divertir também. Confira os benefícios da zumba:

1)   Entre os músculos trabalhados nas aulas estão os da coxa, glúteo, panturrilha, abdômen, cintura e quadril e até braços. Além de tonificar essas regiões, o exercício fortalece os ossos evita a perda óssea.

2)  Os movimentos das danças latinas fortalecem os músculos inferiores e superiores, ajudando a fortalecer principalmente pernas e glúteos.

3) Concede melhora no sistema cardiovascular, devido ao aumento da circulação e da respiração.

4) Os movimentos das danças que misturam velocidades são ótimos para a coordenação motora.

5) Melhora a memória e propõe equilíbrio emocional.

6) A ginástica trabalha a sensualidade,  por si só os ritmos latinos falam muito sobre o amor. Além disso, são feitas coreografias que ajudam a despertar o lado mais sensual.

7) Melhora a agilidade e equilíbrio, além da condição cardiorrespiratória, deixando os reflexos mais rápidos e melhorando o equilíbrio.

Comentários

Mais de Cotidiano