Cotidiano

Homem dá golpe em empresas de tecidos e malhas no valor de R$8 milhões

diario da manha

Na manhã desta quarta-feira (13), o delegado titular da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), Valdemir Pereira da Silva, apresentou um caso de golpe aplicado em empresas de tecidos e malhas da região sul do país no qual o valor total do prejuízo chega a R$8 milhões.

De acordo com a Polícia Civil (PC), o homem responsável pelo crime, identificado pelas iniciais P.C.A.C, trabalha no ramo de malharia há mais de 20 anos e teve o nome negativado no mercado. Por essa razão, ele abriu uma nova empresa em 2014 com o nome de um laranja, identificado pelas iniciais R.D.O. Esse empresário “fantasma” passou a realizar grandes compras dos fornecedores que no início eram pagas em dias.

WhatsApp-Image-20160712

Após um tempo, os fornecedores perceberam que P.C.A.C estava vendendo as mercadorias abaixo do preço de custo e começou a não pagar as dívidas que tinha com os empresários do sul. Ao procurá-lo, ele não atendia mais o telefone e as lojas não funcionavam mais.

A Polícia Civil recebeu várias denuncias e após investigações identificou um galpão lotado de rolos de tecidos e malhas  no valor de R$4 milhões, localizado no Setor Criméia Leste, em Goiânia. No local também estavam dois carros que teriam sido usados para transporte das mercadorias. O empresário e seu “laranja” não foram encontrados.

(Foto: PC)

Comentários