Cotidiano

Em Niquelândia, polícia fecha casas usadas para realização de jogos de azar

diario da manha

Foto:Reprodução

A Polícia Civil de Niquelândia com apoio do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) desmontou dois pontos de realização de jogos de azar, após várias denúncias de familiares dos frequentadores dos locais.

Os parentes relataram à polícia que seus entes vinham gastando grande quantidade de dinheiro e chegaram a se desfazer de patrimônios pessoais para realizarem apostas nas casas conhecidas popularmente como “cassinos ou carteados”.

Segundo a corporação, inicialmente foram identificados dois pontos, sendo que o primeiro funcionava nas proximidades da rodoviária do município e o outro ao redor da feira municipal. Em ambos os locais, vários jogadores e proprietários das jogatinas foram detidos em flagrante.

Os envolvidos foram encaminhados à delegacia, onde foi confeccionado o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por estabelecer ou explorar jogo de azar em lugar público ou acessível ao público mediante o pagamento de entrada ou sem ele.

A pena prevista é de prisão simples de três meses a um ano, além de pagamento de multa.

Comentários