Cotidiano

Família desaparecida é encontrada morta em meio a destroços de avião 

diario da manha

A Força Aérea Brasileira (FAB) encontrou nesta quarta-feira (13/12), por volta das 10h30 da manhã, na região de Juruena, no Mato Grosso, os corpos da família que desapareceu após decolar em uma aeronave no último sábado (09/12). Os três ocupantes viajavam de Colniza com destino a Juara a 690 km de Cuiabá quando ocorreu o acidente.

Por meio de nota, a FAB informou que uma equipe de resgate foi enviada a um trajeto de mata fechada. No local, o dono da aeronave e piloto Leandro Ferreira Pascoal, de 28 anos, a esposa dele, Francieli Reseto Pascoal, e o filho do casal de 1 anos e 7 meses foram encontrados mortos em meio aos destroços do monomotor.

Segundo o Estadão, o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica informou que paraquedistas especializados foram enviados na noite de terça-feira (12/12) a uma área desacampada na região de Jurena, local em que Leandro contatou a família para dizer que já havia sobrevoado a cidade. Os familiares foram ao aeroporto de Juara esperar o pouso dos três, mas não os encontraram.

Por conta de condições meteorológicas e por ser uma localidade extremamente fechada e sem luminosidade, os militares interromperam as buscas e retomaram na manhã desta quarta. Os agentes envolvidos confirmaram que o avião foi encontrado nas proximidades de um local conhecido como “Paredão”.

 

Leia mais:

>> FAB retoma buscas por avião que desapareceu com família

Comentários

Mais de Cotidiano