Cotidiano

Goiás realiza o primeiro implante dentário pelo SUS

diario da manha
Prefeito Paulo Sérgio Rezende, paciente Manoel Duarte e a equipe de cirurgiões-dentistas(foto:divulgação)

O município de Hidrolân­dia tornou-se o pioneiro na re­gião Centro-Oeste, e o terceiro em todo o Brasil, a realizar implan­tes dentários através do SUS. Um procedimento odontológico, to­talmente gratuito, e que visa aten­der, prioritariamente, a população mais carente e que não tem aces­so a esse tratamento através da ini­ciativa privada devido a sua situa­ção econômica. Numa iniciativa da prefeitura municipal através de convênio com o governo federal , com a participação do governo es­tadual, foram realizados ontem os primeiros implantes. O serviço in­tegra o programa Brasil Sorridente e vai atender pelo Centro de Espe­cialidades Odontológicas as popu­lações não só do município de Hi­drolândia, mas de várias cidades da Região Metropolitana, no cha­mado Entorno Sul.

A equipe encarregada da exe­cução do trabalho é formada por três cirurgiões-dentistas que já vêm preparando os pacientes desde o último mês de agosto e que agora receberão os implantes. Ao todo 6.270 pacientes já estão aptos a re­ceberem os benefícios e apenas aguardavam o envio de material pelo Ministério da Saúde para con­cluir o tratamento, cujos procedi­mentos se iniciaram agora.

Cada paciente poderá ser be­neficiado com seis implantes uni­tários no período de dois anos ou então com o implante total.

Segundo o prefeito Paulo Sérgio de Rezende (Paulinho), “foi uma luta muito grande para se conse­guir implantação do programa. Fo­mos a Brasília por mais de dez ve­zes articular junto ao Ministério da Saúde mas agora comemora­mos a implementação desse aten­dimento que vai devolver a muitas pessoas o prazer de sorrir. Enten­demos que o atendimento odon­tológico também deve ser prioritá­rio. É muito gratificante devolver o sorriso a uma pessoa”.

Os primeiros pacientes bene­ficiados também comemoraram, reafirmando que essa é a única forma de se conseguir o implante uma vez que não dispõem de re­cursos para custear o tratamen­to particular.

A solenidade, que marcou o iní­cio dos transplantes, teve as parti­cipações do prefeito Paulo Sergio de Rezende (Paulinho), do supe­rintendente de Regulação e Acesso a Serviços Hospitalares e Ambula­toriais da SES-GO, Cleudes Ber­nardes Baré, da superintendente de Políticas de Atenção Integral à Saúde da SES-GO, Evanildes Fer­nandes Gomides, e representantes de vários segmentos. Cleudes Baré destacou a prioridade dada pela administração de Hidrolândia na atenção básica de saúde que agora é reforçada com mais esse serviço.

 

tags:

Comentários

Mais de Cotidiano