Cotidiano

Homem é detido suspeito de se masturbar e ejacular em passageira de avião

diario da manha

Um passageiro de 51 anos suspeito de se masturbar e ejacular em uma passageira sentada em uma poltrona ao seu lado em voo de Bélem a Brasília foi detido nesta sexta-feira (08/12). O homem negou o ato e afirmou que tossiu sem intenção na vítima depois de uma crise.

A mulher de 32 anos, que realizou a denúncia, disse que os dois estavam sentados na fileira 24. Assim que o avião decolou ela teria dormido. Após meia hora, a vítima despertou ao ter a mão puxada pelo suspeito. O idoso será investigado por contravenção de importunação ofensiva ao pudor.

“Ainda sem saber o que estava acontecendo, viu a sua mão suja, com cheiro característico da ejaculação. De imediato, se instalou a confusão no interior do avião”, afirmou a Polícia Civil.

Depois do ocorrido, os comissários de bordo levaram a mulher para outro assento até que o trajeto fosse concluído. Por meio de nota, a Gol informou que “repudia veementemente qualquer manifestação de violência como a ocorrida na manhã desta sexta”. Além disso, estuda uma estratégia para banir para sempre o passageiro de voos da empresa.

“A tripulação agiu imediatamente imobilizando o agressor e, paralelamente, o comandante comunicou a Polícia Federal, seguindo para o aeroporto mais próximo onde haveria uma equipe da polícia esperando para efetuar a prisão’, diz outro trecho.

O suspeito que negou as acusações afirmou que estava sonolento quando teve uma crise de tosse e por este motivo acabou cuspindo na vítima sem intenção. Segundo ele, a mulher sentada ao seu lado se indignou e o agrediu.

Comentários

Mais de Cotidiano