Cotidiano

Jornalistas da Globo são proibidos fazer check-in de locais e divulgar marcas em redes sociais

diario da manha
Foto reprodução Facebook

Os jornalistas da Globo foram surpreendidos com um e-mail do diretor de Jornalismo da emissora, Ali Kamel. A mensagem dizia que os profissionais estavam proibidos pela emissora de fazer check-in em locais ou produtos.

De acordo com informações do colunista Ricardo Feltrin, alguns apresentadores e repórteres da emissora estavam exagerando na quantidade de marcações nas redes sociais, mas o veto veio somente depois que a prática virou uma febre entre vários jornalistas da redação.

O colunista afirma ainda que uma das repórteres postava a marca e a loja onde comprava todos os vinhos que abria. Depois soube-se que ela recebia cerca de 300 garrafas de vinho por ano.

A decisão se estende a Globo News. Além da marcação, também foi proibido que os jornalistas usem as mesmas empresas na produção de reportagens. Conforme apurou a coluna de Ricardo Feltrin, uma jornalista da Globosat sempre usava uma certa empresa para fazer matérias sobre economia, depois foi apurado que a mulher integrava o conselho dessa empresa.

Depois disso, a mulher ficou proibida de usar a empresa em suas matérias.

 

(Foto reprodução Facebook)

 

Comentários

Mais de Cotidiano