Cotidiano

Desembargador derruba decisão que impedia aumento do etanol em Goiânia

diario da manha

O desembargador Alan Sebastião de Sena acolheu o pedido de um posto de combustível  e conseguiu derrubar a liminar concedida no ano passado, que definia que 60 postos de combustíveis da cidade voltassem a margem de lucro médio praticado em julho do mesmo ano de 10,2% sobre o litro do etanol obtido dos fornecedores de combustíveis, em Goiânia.

Após a decisão, o posto fica agora, livre para praticar qualquer margem de lucro. O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindiposto) pretende estender e a decisão para os demais postos que foram obrigados a reduzir o preço do Etanol. Em entrevista ao Diário da Manhã, o presidente do Sindiposto, José Batista, afirmou que entrou com um pedido nesta sexta-feira (19/01) para que a decisão seja estendida aos outros postos.

A Procuradoria Geral do Estado já foi acionada e irá recorrer da decisão. De acordo com informações do Procon Goiás, a fiscalização nos demais postos prossegue normalmente.

Foto/ Reprodução Internet

Comentários