Cotidiano

Primeiro processo contra Facebook e Cambridge Analytica é aberto nos EUA

diario da manha
Foto/Reprodução/Internet

O Facebook e a consultoria política Cambridge Analytica têm a primeira ação coletiva contra elas aberta devido a notícia do último final de semana sobre o uso indevido de dados de 50 milhões de usuários da rede. O processo foi aberto na noite da última terça-feira (20/03), nos Estados Unidos.

A denúncia foi feita por uma residente de Maryland identificada como Lauren Price. Segundo ela, ambas companhias estão negligenciando e violando uma lei da concorrência desleal no estado. O Facebook já perdeu cerca de 60 bilhões em valor de mercado desde que o escândalo começou.

A primeira ação coletiva foi apresentada no Tribunal Distrital em San Jose, Califórnia. As empresas ainda correm o risco de receber mais processos de usuários cujos dados dos foram usados em benefício ao atual presidente do país, Donald Trump, no tempo das campanhas eleitorais sem conhecimento dos usuários.

O The New York Times e o jornal britânico The Observer, divulgaram a informação sobre o vazamento dos dados e vendo a repercussão, o Facebook confirmou. O presidente executivo da rede social, Mark Zuckerberg terá que explicar aos parlamentares dos Estados Unidos e da Europa, como teve acesso aos dados.

Comentários

Mais de Cotidiano