Cotidiano

Criança de 11 anos grávida e com suspeita de H1N1 recebe alta, em Goiânia

diario da manha

A garota de 11 anos, que está grávida e foi internada por suspeita de H1N1 recebeu alta do Hospital Estadual Materno Infantil (HMI) neste domingo (22/04). A menina foi hospitalizada no último dia 14 com febre alta e falta de ar, e chegou a ser internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Segundo o HMI, a criança foi liberada após equipe qualificada “verificar que a paciente apresentava boas condições clínicas”.

A garota foi internada com 28 semanas de gestação. O pai do bebê é namorado da menina e tem 17 anos. De acordo com a Polícia Civil (PC), o inquérito já foi concluído e corre em segredo de Justiça. Segundo a lei, sexo com menores de 14 é considerado estupro de vulnerável.

Ainda segundo o HMI, o exame para a confirmação ou descarte da suspeita de Influenza foi realizado em Ceres, cidade para onde a menina levada para receber o primeiro atendimento, portanto, o diagnostico será repassado à família pelo município.

O pai da menina relatou à TV Anhanguera que sempre foi contra o relacionamento, justamente pela idade da filha, e ainda não sabe como agir em relação a situação. A família da garota mora em Goianésia, interior de Goiás. O pai da criança revelou ainda que não autorizou o namoro. “Quando ele falou para mim que ia namorar minha filha, eu disse, mas ela é menininha, novinha demais. Não deixei, mas aí eu não posso ficar junto direto, nem no colégio buscando”, afirmou.

Quando soube da gestação, o pai procurou o Conselho Tutelar, que acionou a PC. A investigação realizada pela delegada Poliana Bergamo, que já concluiu o procedimento e o encaminhou ao Ministério Público. Já o Ministério Público de Goiás informou que está acompanhando o caso e já se manifestou junto ao Poder Judiciário. Porém, todas as informações estão em segredo de Justiça.

(Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Comentários

Mais de Cotidiano