Cotidiano

Delegado aposentado é condenado a 9 anos de prisão por homicídio e sequestro

diario da manha
Foto/Reprodução/Internet

O delegado aposentado da Polícia Civil, Waldecy Camelo, foi condenado a nove anos de prisão por homicídio consumado e sequestro. O julgamento ocorreu na quarta-feira (18/04), no Tribunal do Júri de Brazlândia, no Distrito Federal, e teve 15 horas de duração.

Os crimes ocorreram em 16 de dezembro de 2009. No primeiro caso, o policial e um adolescente ameaçaram dois civis com armas de fogo, dispararam contra eles, mas um se fingiu de morto e outro morreu no local.

Já no segundo caso, Waldecy e o cumplice pegaram mais duas pessoas, mas não conseguiram cumprir o objetivo, pois as vítimas conseguiram escapar e nenhuma foi atingida. A denúncia foi feita pelo Ministério Público à Justiça.

O condenado era chefe da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), mas após o filho, Wesley Camelo, de 24 anos, ser assassinado pelas costas enquanto comia em uma barraca em Águas Claras, ele procurou fazer a justiça com as próprias mãos.

Comentários

Mais de Cotidiano