Cotidiano

Morre bebê abandonado dentro de caixa de papelão em ponto de ônibus

diario da manha

 

O recém-nascido que foi encontrado em uma caixa de papelão em um ponto de ônibus no Riacho Fundo, Distrito Federal, morreu nesta quarta-feira (11/04). O bebê, apelidado de Lucas Guerreiro, ainda estava com o cordão umbilical e placenta quando foi achado no domingo (08/04) por um homem que passava pelo local.

O menino estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB). Segundo a unidade de saúde, Lucas morreu devido complicações inerentes a um bebê prematuro.

De acordo com informações da Secretaria de Saúde, o menino nasceu com cerca de 34 semanas de gestação. Entretanto, o mínimo é de 38 semanas.

Até o momento, os pais do bebê não foram encontrados. A Polícia Civil já recolheu imagens das câmeras de segurança, em busca de dados sobre o veículo que foi usado para deixar o recém-nascido no ponto de ônibus. A mãe e o pai poderão responder pelo crime de abandono de incapaz cuja a pena varia de 6 meses a 3 anos. No caso de morte, a punição pode chegar até 12 anos.

Comentários

Mais de Cotidiano