Cotidiano

PF busca suspeitos de pornografia infantil na web em Goiás

diario da manha

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira a Operação #Underground 2 que visa prender suspeitos de pornografia infantil. A ação cumpre 10 mandados de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão em Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pernambuco, Maranhão e Acre. A primeira fase da operação ocorreu em 2017 e 21 pessoas foram detidas. Após a ação foi realizado novas buscas por pornografia infantil na Deepweb, uma zona da internet que não pode ser detectada facilmente pelos mecanismos de busca padrão, onde foi detectado uma quadrilha de produtores de material de exploração sexual de crianças e adolescentes.

De acordo com a PF, o grupo era composto por 13 pessoas que se comunicação por meio da Internet e comercializada imagens ilícitas. Ainda de acordo com a corporação, os envolvidos no esquema abusavam das vítimas e registravam o crime por meio de vídeos e imagens. Posteriormente, o grupo se reunia em salas de bate-papo dedicadas à pedofilia na Deepweb onde os arquivos eram divulgados.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, em quase todos os crimes, o abusador é uma pessoa de dentro da família ou convívio das vítimas. Algumas das crianças e adolescentes que apareciam nos vídeos e imagens já foram identificadas.

Com informações de outros portais

(Foto: ilustrativa reprodução Internet)

Comentários

Mais de Cotidiano