Cotidiano

Sobe para nove o número de mortes por H1N1 em Goiás

diario da manha

Outra morte pela gripe H1N1 foi confirmada pela Assessoria de Comunicação Secretaria de Saúde de Anápolis nesta quinta-feira (12/04). Ainda segundo Assessoria, a vítima que veio a óbito em Anápolis era homem, tinha 42 anos e morreu na terça-feira (10/04) no Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HUANA).

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), a antecipação da vacina ocorreu para tentar conter o avanço da doença no estado, com isso, Goiás é o primeiro estado brasileiro a realizar a imunização. 648 mil doses foram enviadas pelo Ministério da Saúde, para ser distribuída em todos os municípios do estado. Outras 1,7 milhões de doses devem chegar nos próximos dias.

O secretário estadual de Saúde, Leonardo Vilela, disse que a reincidência da doença ocorreu devido a um comportamento diferenciado. De acordo com último boletim, 63 casos da doença já foram confirmados.

“Em março, nós tivemos o surto na São Cottolengo e vários outros casos notificados e confirmados. É uma situação que não acontece no resto do país, por isso Goiás vai ser o único estado do país que começa no dia 13. Nós vamos começar em virtude dessa situação anômala do estado”, disse o secretário.

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, a vacinação, a princípio, será somente para trabalhadores da saúde, idosos e pacientes com doenças crônicas. Para o restante da população, a Secretaria  informou que ainda não há data para vacinação.

(Foto/Divulgação)

Comentários

Mais de Cotidiano

3 de julho de 2019 as 15:11

Morre Wágner Nasser