Cotidiano

Governo cria mais de 800 cargos temporários na Secretaria de Educação de Goiás

diario da manha
Foto:Reprodução

O governador de Goiás, José Eliton (PSDB), criou 840 cargos temporários na Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) e deste total, 616 são para professores e 224 para funções administrativas.

A decisão foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado na última segunda-feira, 14, e vem para suprir o aumento do número de alunos da rede estadual, a inauguração e implantações de novas escolas em todo o estado, além de cobrir a aposentadoria de profissionais da rede pública estadual de Ensino.

O decreto determina que os temporários em funções administrativas recebam salários de R$ 937. Já os professores de nível médio R$ 1.314,97 e os de nível superior R$ 1.753,31. A carga horária é de 40 horas semanais e todos terão auxílio-alimentação de R$ 500.

Processo seletivo em aberto

Através de nota, a Seduce informou que essas contratações não impactarão no concurso público para a contratação de mais de mil professores efetivos, que está com as inscrições abertas desde o dia 27 de abril e vai até o dia 6 de junho.

O certame oferece 66 vagas para a área de biologia, 371 vagas para a área física, 647 para a área de matemática e 329 para a área de química, distribuídas em 59 municípios goianos. As inscrições são feitas exclusivamente pelo site do Instituto Quadrix, órgão responsável pelo processo seletivo, e o valor da taxa é de R$ 70.

Comentários