Cotidiano

Idoso é agredido por dupla de assaltantes que se passam por agentes de saúde

diario da manha
Foto/Reprodução/Internet

Uma dupla de assaltantes se fingiu de agentes de combate à dengue e invadiram a casa de um idoso, de 93 anos, e o agrediram a coronhadas. O caso ocorreu no final da manhã desta quarta-feira (16/05), no Lago Sul, no Distrito Federal.

O idoso que ocupa a posição de major brigadeiro da Aeronáutica, ouviu a campainha tocando e foi atender. Ao abrir a porta, os suspeitos disfarçados o renderam e entraram na casa, e em seguida, entraram mais dois criminosos. Dentro da residência, além do militar, estava a esposa e mais dois funcionários.

Os assaltantes levaram uma coleção de seis relógios de bolso antigos, cada um avaliado em cerca de R$ 25 mil e televisores. Quando perceberam que o idoso é militar, eles começaram a procurar armas, não achando nenhuma, fugiram no carro da família. O crime durou cerca de 20 minutos.

Os bandidos usavam uniformes da Vigilância Sanitária e usaram luvas para revirar a casa. O militar, por ter levado batidas na cabeça, nas costas e ter quebrado o braço quando ao cair por causa do impacto das coronhadas, foi levado para o Hospital da Força Aérea de Brasília.

(Com informações do Metrópoles)

Comentários

Mais de Cotidiano