Cotidiano

Sobreviventes de acidente aéreo no Pará continuam em estado grave no Hugol

diario da manha

 

Os dois goianos sobreviventes de um acidente aéreo no município de São Félix do Xingú, no Pará, continuam internados em estado grave, no Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). De acordo com o último boletim médico divulgado nesta quarta-feira (01/08), o piloto Cristiano Felipe Rocha dos Reis e o empresário Robson Alves Cintra estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sedados e respirando com ajuda de aparelhos.

O acidente aconteceu na última sexta-feira (27/07) após a aeronave de pequeno porte cair. Segundo a Polícia Civil, cinco pessoas estavam na aeronave, sendo que três morreram e foram identificadas como sendo Victor Gabriel Tomaz de 10 anos, Evandro Geraldo Rocha Reis, 73, e José Gonçalves de Oliveira, 72. Por serem de Goiânia, os dois sobreviventes deixaram hospitais da cidade de Tucumã e vieram para tratamento especializado na capital goiana. Antes da transferência, o piloto e o empresário foram encaminhados para uma unidade de saúde do município de Tucumã (PA).

A queda do avião aconteceu às 13h30, na comunidade de Barra Mansa, na circunscrição do município de São Félix do Xingu. O voo teria saído de Ourilândia do Norte, cidade a mais de 900 km de Belém, capital daquele estado. O piloto teria tentado fazer um pouso forçado, nas proximidades de uma região residencial, mas a aeronave acabou pegando fogo.

(Foto/Reprodução/Instagram)

Comentários

Mais de Cotidiano