Cotidiano

Erosão gigante atinge trecho da GO-213 que liga Morrinhos e Caldas Novas, em Goiás

diario da manha
Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

Uma erosão com cerca de 10 metros de profundidade no trecho da GO-213 que liga as cidades de Morrinhos e Caldas Novas, tem deixado em alerta os motoristas que trafegam pela região. Uma vistoria realizada pela Defesa Civil e engenheiros da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) apontou a profundidade do buraco, que atinge os dois lados da rodovia e coloca em riso o trafego no local.

A erosão fica próxima a uma construção inacabada de uma galeria de água, em um trecho de descida da rodovia, onde a pista começou a ser duplicada em 2013, mas as obras foram interrompidas no final do ano passado.

Segundo a agência, o córrego que corta a região, foi soterrado e com as chuvas o barranco começou a ceder. O buraco já atingiu parte do acostamento e se aproxima cada vez mais da rodovia, cujo local tem sinalização precária, segundo resultado da vistoria.

Alerta

A Defesa Civil alerta aos motoristas que diminuam a velocidade e tenham atenção redobrada no trecho para evitar acidentes, principalmente no período das chuvas. Além disso, informou que vem monitorando a erosão há um mês e que enviou um alerta para a Agetop pedindo providências, e até a interdição do trecho, mas o pedido não foi acatado pelo órgão.

Em resposta, a Agetop esclareceu que técnicos que prestam serviços à agência estiveram no local e descartaram a hipótese de bloqueio da pista. Nos próximos dias, a empreiteira vai sinalizar a área da erosão e máquinas vão retirar a terra acumulada para conter o aumento do buraco.

Além disso, informou que notificou a empresa responsável pela duplicação da rodovia para que faça a contenção da terra e os devidos reparos no asfalto. Ainda não há informação do prazo para que a obra de duplicação seja concluída.

Com informações do G1/Goiás.

Comentários

Mais de Cotidiano