Cotidiano

LEITURISTAS DA ENEL DISTRIBUIÇÃO GOIÁS ATUAM NO COMBATE AO AEDES AEGYPTI

diario da manha

A Enel Distribuição Goiás segue atuando no combate ao mosquito Aedes aegypti. Desde que o projeto foi iniciado, em setembro de 2017, os leituristas já identificaram cerca de 14 mil possíveis focos de proliferação do mosquito em todo o Estado. A iniciativa é resultado de uma parceria entre a distribuidora e a Secretaria de Estado da Saúde e os leituristas atuam no combate ao mosquito transmissor de doenças como febre amarela, dengue, chikungunya e zika.

Inicialmente, a parceria atuou somente em Goiânia e, desde o lançamento do projeto, foram reportados à Secretaria de Estado da Saúde cerca de 5,5 mil possíveis focos do mosquito na capital. No interior, a iniciativa começou em janeiro de 2018 e já foram relatados aproximadamente 8,5 mil potenciais focos. Em média, são pelo menos 141 mil casas visitadas diariamente pelos leituristas da Enel em todo o Estado.

O objetivo da ação é apoiar o trabalho realizado pelos agentes de endemia em busca de focos externos que também servem como habitat para o mosquito, como caixas d’água destampadas, fossas sem proteção, bueiros entupidos, entulhos em lotes baldios e outros locais que sirvam como criadouro.

O trabalho funciona da seguinte forma: o leiturista registra no coletor de leitura os focos encontrados, a Enel consolida todos os pontos e encaminha os dados semanalmente para a Secretaria de Saúde. As informações são analisadas e transformadas em um mapa dos focos do Estado, que serve como suporte para que a Secretaria realize planos de combate ao mosquito.

Comentários

Mais de Cotidiano