Cotidiano

Bloco Não é Não faz sua estreia no Carnaval da capital conscientizando contra o assédio a mulher

diario da manha

Uma iniciativa que trabalha a questão do assédio contra a mulher, que teve início em Goiás, chegou às ruas da capital neste ano. O Bloco Não é Não fez sua estreia nesta terça feira (05/02) no Carnaval de Rua em Goiânia. De acordo com a organizadora, a psicóloga Cida Alves, o bloco é organizado por um grupo de 50 feministas e surgiu em 2017 na Cidade de Goiás.

O evento foi desenvolvido em parceria com a Campanha Nacional Não é Não. Aymê Virgínia, uma das representantes da Campanha em Goiás, ressaltou que após vários carnavais com relatos de assédio, a campanha se fez necessária para auxiliar as mulheres durante os 4 dias de folia.

Nos contextos nacional e estadual, o tema é importante porque no Mapa da Violência da Organização das Nações Unidas (ONU), de 2015, o Brasil é aparece como o 5º país com maior taxa de feminicídio no mundo. Goiás, por sua vez, foi o 5º estado brasileiro com o maior número de feminicídios em 2017, segundo o Atlas da Violência.

“Desde 1997 atendo mulheres vítimas de algum tipo violência. O bloco visa essa conscientização contra qualquer tipo de abuso, pois este ano é o primeiro em que a importunação sexual já é tipificada como crime”, disse Cida.

De acordo com Virgínia, o projeto da Campanha em Goiás contou com o financiamento coletivo para viabilizar a produção das tatuagens distribuídas no Bloco. “Foi arrecadado quase R$ 6 mil para a confecção de 100 mil tatuagens temporárias escritas Não é Não!”. O Bloco Não é Não teve o apoio de vários outros: Bloco Socialista, Coró de Pau, Lanchonete Ideal, Bloco Me Engole Que Eu Sou Jiló, Samba de Buteco.

De acordo com Cida, o movimento não teve restrição de idade para participar. “O importante nesse momento é conscientizar sobre uma questão recorrente na sociedade independente da idade”, disse a organizadora do bloco.  Nos próximos dias, ainda segundo a organizadora, será feito um balanço do evento para traçar uma perspectiva para o ano que vem, já que o bloco agradou a todos desde os mais novos até os mais velhos.

Confira a galeria de fotos do evento:   

 

Comentários