Cotidiano

Acusado de matar quatro jovens é condenado a 63 anos de prisão em Aparecida de Goiânia

diario da manha

A Justiça condenou Thaygo Henrique Alves Santana a 63 anos de prisão pela chacina da Serra das Areias, em Aparecida de Goiânia, que vitimou quatro jovens em 2013. O julgamento realizado nesta segunda-feira (16/04), durou 10 horas. O acusado está preso há seis anos na Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia. Para o Ministério Público, o crime foi motivado por ciúmes do réu. Ele pensava que sua namorada estava apaixonada por uma das vítimas.

O crime aconteceu no dia 19 de agosto de 2013. Neylor Henrique Gomes Carneiro, 18 anos, Denis Pereira dos Santos, 16, Daniele Gomes da Silva e Raissa de Souza Ferreira, ambas de 15, foram mortos a tiros na Serra das Areias. Os três últimos tiveram os corpos carbonizados. O advogado de defesa de Thaygo interpôs recurso de apelação.

O promotor de Justiça Paulo Pereira dos Santos disse, durante o julgamento que o Thaygo era cabeça. “Ele que tinha interesse no crime. Ele ficou com ciúmes porque sua namorada estaria flertando com o Neylor. Defendemos aqui a condenação por quatro homicídios triplamente qualificados, três destruições de cadáver além da corrupção de dois menores”, pontuou.

Comentários

Mais de Cotidiano