Cotidiano

Grupo suspeito de vender drogas em raves é alvo de operação da Polícia Civil em Goiás, no DF e em MG

diario da manha

A Operação Tridente deflagrada nesta segunda-feira (27/05) tem como alvo uma quadrilha suspeita de tráfico interestadual de drogas. A operação ocorre simultaneamente em Goiás Minas Gerais e no Distrito Federal. Cerca de 29 mandados de busca e apreensão e 22 de prisão devem ser cumpridos nos dois Estados e na Capital Federal, segundo informações da Polícia Civil.

A PC informou também que as investigações duraram cerca de sete meses e apontaram que as drogas comercializadas eram sintéticas e saíam de Aparecida, Goiânia e Anápolis e eram comercializadas em raves em Brasília. Entre os alvos da operação, há DJ´s de Brasília que promovem festivais de música eletrônica e empresários. Ainda segundo a PC, as drogas eram comercializadas em grande quantidades nesses eventos.

Além dos Dj’s e dos empresários, a quadrilha contava também com a ajuda de motoristas de aplicativo para a distribuição dos entorpecentes e empresas para “lavarem” o dinheiro obtido com a venda das drogas, segundo o delegado e coordenador da Coordenação Especial de Combate a Corrupção, ao Crime Organizado, aos Crimes Contra a Administração Pública e aos Crimes Contra a Ordem Tributária (Cecor), Leonardo de Castro.

A Operação Tridente recebeu esse nome por envolver dois estados e o Distrito Federal. Ao todo, 150 participaram desta ação da Polícia Civil.

Comentários

Mais de Cotidiano

3 de julho de 2019 as 15:11

Morre Wágner Nasser