Cotidiano

Homem é preso suspeito de espancar, amordaçar e amarrar a companheira por 36 horas

diario da manha

Leandro Souza Sampaio de 33 anos, foi preso depois de agredir a companheira por 33 horas em Posse, região nordeste de Goiás. A vítima, Keilla Carneiro de Carvalho, foi mantida em Cárcere privado pelo suspeito após horas de espancamento. Depois a vítima foi amarrada e amordaçada. Keilla, muito machucada, está internada.

Após a fuga do agressor, a família de Keila acionou a polícia. O agressor se apresentou na delegacia nesta terça-feira (21/05) em Alvorada de Norte, a 58 km  de Posse. Foi  preso, já que contra ele havia um pedido da justiça de prisão preventiva.

No hospital, a vítima relatou ao delegado Alexandre Câmara, que ela e o companheiro começaram uma discussão na última quinta-feira (17/05),e logo depois as agressões contra ela prosseguiram até às 17h de sexta-feira (18/05). Nesse tempo, além de ser espancada, o suspeito ainda amarrou os pés e as mãos dela com uma fita adesiva e a amordaçou. Depois deixou a vítima sentada ao lado de um guarda roupa e foi dormir.

De acordo com o delegado, Leandro já tem passagem por lesão corporal e ameaça contra outra mulher, com quem ele manteve um relacionamento anterior. Keila já havia sido espancada outras vezes por Leandro e o caso está sendo registrado com lesão corporal e cárcere privado. Mas conforme o delegado no decorrer das investigações,  a tipificação do crime pode se tornar mais severa, já que  é aguardado o laudo da Polícia Técnico-Científica para saber a gravidade das lesões.

Comentários

Mais de Cotidiano