Cotidiano

Ciclista é atropelado por motorista de app que admitiu ter dormido ao volante

diario da manha

Um homem de 39 anos foi atropelado neste domingo (30), enquanto pedalava no Setor Norte Ferroviário, em Goiânia. O ciclista, identificado como Antônio Cleber Costa Goves, foi encaminhado ao hospital com lesões graves.

De acordo com a Polícia Civil, o veículo que atropelou o ciclista era conduzido por Halysson Jonathan de Sousa Caetano Ferreira, de 23 anos, motorista da Uber, que fazia uma corrida com duas passageiras e disse aos policiais que teria dormido ao volante.

Por meio de nota, a assessoria da Uber informou que “lamenta o acidente e se coloca à disposição para colaborar com as autoridades no curso das investigações”.

Antônio foi socorrido pelos bombeiros e levado para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Segundo o hospital, o estado de saúde dele é considerado grave, mas estável. Ele está intubado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O atropelamento aconteceu na Avenida Goiás-Norte e ainda segundo a polícia, o condutor, após dormi na direção, bateu no ciclista, subiu na calçada e se chocou contra um muro. A parte dianteira do veículo também ficou bastante avariada.

A corporação informou que o condutor permaneceu no local para realizar teste do bafômetro, cujo resultado foi negativo. Em depoimento ao policiais, o motorista disse que trabalhou durante toda madrugada e que dormiu ao volante.

Ele foi liberado e deve prestar depoimento posteriormente. As passageiras que estavam com Jonathan não estavam no local quando a polícia chegou, mas devem ser procuradas para prestar esclarecimentos.

Comentários

Mais de Cotidiano