Cotidiano

Operação do MP investiga desvio de recursos públicos durante as eleições de 2018 em Formosa

diario da manha

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) junto com a Polícia Civil (PC) cumpriram nesta terça-feira (25) dois mandados de busca e apreensão, um na empresa Criativa Comunicação Visual e outro na residência do proprietário do estabelecimento, em Formosa, na Operação Robespierre, que investiga atos de improbidade administrativa em desvio de recursos públicos no ano de 2018.

Segundo a promotoria, no segundo semestre do ano passado, no período eleitoral, a empresa e o município fecharam um contrato de mais de R$ 760 mil. De acordo com os cálculos do Ministério Público, o valor gasto com publicidade nesses seis meses foi maior do que toda a quantia gasta pela prefeitura nos últimos quatro anos.

O ex-secretário de finanças de Formosa, Luís Gustavo Nunes de Araújo, nas últimas eleições concorreu ao cargo de deputado estadual. O MP acredita que recursos públicos tenham sido usados para a campanha de Luís Gustavo, já que todo o material do ex-secretário foi feito pela empresa Criativa Comunicação Visual.

Comentários

Mais de Cotidiano

3 de julho de 2019 as 15:11

Morre Wágner Nasser