Cotidiano

PRF registra 30 acidentes e uma morte nas rodovias de GO durante Operação Corpus Christi

diario da manha

Cerca de 48% das autuações aplicadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram por excesso de velocidade é o que aponta o balanço divulgado pela corporação nesta segunda-feira (24/06) da Operação Corpus Christi. No total, foram realizadas 5.705 autuações, dos quais 2.766 ocorreram em razão de registros de alta velocidade.

Em relação ao ano passado, das 3.332 autuações, cerca de 1.551 anotações (46,5%) foram por excesso de velocidade. Com relação a 2018, o feriado iniciado na última quinta-feira (20/06) teve aumento de 42% no total de ocorrências registradas.

Apesar disso, dos 30 acidentes e 39 feridos, apenas uma morte foi assinalada. Em 2018, a PRF registrou 32 acidentes, com 34 feridos e três mortes.

Além da infração por alta velocidade, outras infrações foram destacadas pela corporação. Ultrapassagens perigosas, 346 casos; falta de uso do cinto de segurança, 221; embriaguez ao volante, 68; transporte de crianças sem cadeirinhas, 16; e celular ao volante, sete.

Em 2018, esses mesmos indicadores, apresentaram variações: 52 casos de tráfego sem cinto de segurança, 46 de uso de celular ao volante, 40 registros de trânsito de crianças sem cadeirinha, 30 de embriaguez e outros 20 de ultrapassagem perigosa.

Comentários

Mais de Cotidiano