Cotidiano

Corpos de trabalhadores soterrados em Cristianópolis são resgatados pelos bombeiros

Ao todo foram oito bombeiros e três viaturas que trabalharam a noite toda em busca dos corpos das vítimas do desabamento.

diario da manha
Foto: Reprodução

Os corpos dos dois trabalhadores que estavam soterrados a aproximadamente 6 metros de profundidade, após o desabamento de um galpão de obras na GO-139, em Cristianópolis, na Região Sul de Goiás, a 86 quilômetros da capital, foram encontrados pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO). As equipes do CBMGO encontraram os corpos na manhã deste sábado, por volta das 7h30.

Segundo o CBMGO foram aproximadamente 15h de resgate, ao todo foram oito bombeiros e três viaturas que trabalharam a noite toda em busca dos corpos das vítimas do desabamento, Cícero Alves dos Santos e Nerisvaldo Ferreira Ursulino, ambos de 44 anos de idade.

Um trabalho cauteloso foi feito para localizar os corpos

O desabamento aconteceu na tarde da última sexta-feira (02/8) e, de acordo com os bombeiros o trabalho para localizar as vítimas foi muito cauteloso e eles tiveram que utilizar um escoramento de vala para evitar novos deslizamentos, além disso, foi utilizado uma máquina retroescavadeira, matérias de sapa e de iluminação.

Segundo informações do CBMGO a construção da estrutura era destinada a uma granja. Os trabalhadores ficaram soterrados no momento em que trabalhavam na obra e o barranco acabou caindo sobres eles. Por volta das 15h50, os militares foram acionados e informados sobre a quantidade de pessoas no local e a profundidade do barranco.

Comentários