Cotidiano

Setembro Amarelo: 10 filmes e séries que falam sobre Suicídio

Se caso precisar de ajuda ou conhece alguém que precisa, ligue 188.

diario da manha
Foto/reprodução

No mês de Prevenção ao Suicídio, o DM separou 10 títulos de filmes e séries que trabalham a temática para te indicar. Por isso, desmistifique e quebre o tabu de falar e trabalhar esse assunto. Se caso precisar de ajuda ou conhece alguém que precisa, ligue 188.

1 – Garota Interrompida

Foto: Reprodução

O Fome se passa em 1967, quando, após uma sessão com um psicanalista que nunca havia visto antes, Susanna Kaysen (Winona Ryder) foi diagnosticada como vítima de “Ordem Incerta de Personalidade” – uma aflição com sintomas tão ambíguos que qualquer garota adolescente pode ser enquadrada. Enviada para um hospital psiquiátrico, ela conhece um novo mundo, repleteo de jovens garotas sedutoras e transtornadas. Entre elas está Lisa (Angelina Jolie), uma charmosa sociopata que organiza uma fuga

2 – Últimos dias

Foto: Reprodução

Neste filme inspirado no falecido líder do Nirvana, Kurt Cobain. O carismático, mas problemático músico Blake, torna-se sobrecarregado pelas exigências feitas a ele por sua fama e se retira para uma grande mansão na floresta. Blake deseja ficar livre das demandas constantes de seus amigos por dinheiro e de suas tentativas de ganharem dinheiro em cima de seu sucesso. Quando a sua depressão se agrava, Blake, imprudentemente, busca uma resposta para seu dilema na solidão.

3 – A Ponte

Foto: Reprodução

A ponte Golden Gate, que corta a baía de São Francisco, é um grande ponto turístico americano. Mas é também o lugar do mundo com o maior índice de suicídios. O diretor registrou diariamente, em 2004, a rotina sinistra do cartão-postal. Além do movimento de carros, pedestres e turistas, ele flagrou mais de 20 suicídios. No filme ele flagra pessoas subindo no parapeito da ponte e se atirando. Além de filmar o ato, o diretor foi atrás de depoimentos de familiares e amigos dos suicidas para tentar entender os motivos de tal atitude.

4 – Elena

Foto: Reprodução

Ao viajar para Nova York, Elena segue o sonho de se tornar atriz de cinema e deixa no Brasil uma infância vivida na clandestinidade, devido à ditadura militar implantada no país, e também a irmã mais nova, Petra, de apenas sete anos. Duas décadas depois, Petra, já atriz, embarca para Nova York atrás da irmã. Em sua busca Petra apenas tem algumas pistas, como cartas, diários e filmes caseiros. Ela acaba percorrendo os passos da irmã até encontrá-la em um lugar inesperado.

5 – This is us

Foto: Reprodução

O personagem de Sterling K. Brown parece ter tudo perfeito, mas o Randall sofre de ansiedade. Aquele tipo de crise que paralisa. O ataque de pânico que foi mostrado, desencadeado por várias situações de ansiedade, fez com que ele sentasse em um canto e não conseguisse se mexer. Esse tipo é cruel, parece que você está enlouquecendo ou que está prestes a morrer. Na próxima temporada, eles vão abordar a depressão do Toby e veremos como um personagem todo cheio de energia e bom humor, também pode ter oscilações e sofrer de depressão.

6 – 13 Reasons why

Foto: Reprodução

13 Reasons Why é uma série de televisão norte-americana, dirigida por Brian Yorkey, lançada em março de 2017 no Netflix. Baseada na obra literária Os 13 Porquês de Jay Asher, a série conta com duas temporadas, a segunda lançada em maio de 2018. Abordando assuntos polêmicos que afetam muitos jovens como depressão, bullying, isolamento, abuso sexual e suicídio, a série foi um sucesso imediato, conquistando a atenção de público por todo o mundo.

7 – The end of the fucking world

Foto: Reprodução

James é um jovem de 17 anos que acredita ser um psicopata, matando regularmente animais como um hobby, mas ficou entediado com isso. Depois de se familiarizar com Alyssa, uma colega rebelde de 17 anos de idade, ele decide matá-la enquanto ambos fogem em uma viagem, mas acaba se apaixonando por ela.

8- Fleabag

Foto: Reprodução

Fleabag é um mergulho na mente fervilhante de uma mulher inteligente, sexual, inquieta e devastada pelo luto, em seu dia-a-dia na vida moderna de Londres. A dramaturga premiada Phoebe Waller-Bridge é a autora e faz o papel de Fleabag, uma mulher autêntica que tenta retomar sua vida, enquanto rejeita a ajuda de qualquer um que tente se manter ao seu lado durante a sua crise.

9 – Not Alone

Foto: Reprodução

Uma jovem de 18 anos tentando entender o suicídio de sua melhor amiga conversa com adolescentes atormentados por problemas mentais e pensamentos suicidas.

10 – As virgens suicidas

Foto: Reprodução

O casal Lisbon (James Woods e Kathleen Turner) tem cinco filhas, Therese (Leslie Hayman), Mary (A.J. Cook), Bonnie (Chelsea Swain), Lux (Kirsten Dunst) e Cecilia (Hanna Hall). Lindas, são alvo da investida dos meninos da região, todos encantados com a aura de mistério que as rodeia, pois seus pais são extremamente repressores. No entanto, Cecilia tenta o suicídio, e, numa tentativa frustrada, seus pais tentam integrá-las à comunidade.

Porém, Cecilia consegue realizar seu desejo de suicídio, atirando-se na grade debaixo da janela do quarto, durante uma festa que acontecia no porão da casa dos Lisbon. Posteriormente, Lux se envolve com o playboy Trip Fontaine (Josh Hartnett) e, durante o baile da primavera, perde a virgindade e é abandonada após a festa por ele. Esta chega em casa separada das irmãs, o que faz seus pais tomarem a decisão que faz as garotas posteriormente seguirem o destino de Cecilia.

Nesse meio tempo, elas são observadas pelos inocentes garotos do bairro, que se comunicam com elas através de músicas tocadas pelo telefone. No entanto, depois de alguns meses, elas se suicidam, cada uma a seu modo

tags:

Comentários

Mais de Cotidiano